Carnaval 2014: Dragões da Real canta anos 70 e 80

Dragões da Real - Escola foi a quarta a desfilar na primeira noite do Carnaval de São Paulo (Foto: G1)

A Dragões da Real foi a quarta a desfilar na primeira noite do carnaval paulistano. O desfile começou às 2h50 e teve 54 minutos de duração. A escola da Zona Oeste defendeu o enredo “Um museu de grandes novidades”, sobre ícones dos anos 80 e final dos 70. As 23 alas vieram divididas em cinco setores: invenções, música, brinquedos, televisão e cinema.

A Dragões deu conta de abraçar duas décadas e cinco temas bem diferentes, escolhidos por meio de enquete na comunidade da escola. A carnavalesca Rosa Magalhães, atual campeã do carnaval carioca com a Vila Isabel, soube espalhar ícones setentistas e oitentistas pelo Anhembi.

A bateria dos mestres Mi e Avelar representou o desenho animado “Corrida Maluca”, com os ritmistas vestidos de Dick Vigarista e a rainha Simone Sampaio como Penélope Charmosa.

O abre-alas trouxe invenções como patins, Polaroid, computador e torradeira. O segundo setor apostou em imagens do punk, pop e new wave. Esculturas dos integrantes do Kiss, com 15 metros de altura, levaram hard rock à avenida. Michael Jackson foi tema da comissão de frente, com coreografia que fez lembrar o clipe de “Thriller”.

No terceiro setor, 50 crianças brincaram de carnaval. Brinquedos como o Pula Pirata e Cubo Mágico coloriram o desfile, assim como as baianas. Elas estava vestidas como bonecas Moranguinho, com cinco cores diferentes. A televisão foi representada no quarto setor. Chacrinha, Xuxa, Bozo, Zebrinhas do “Fantástico” e Balão Mágico foram homenageados. O quinto setor levou cinema ao Anhembi. “ET”, “Guerra nas estrelas” e “Robocop”, além de “Os Saltimbancos”, filme dos Trapalhões de 1981, foram lembrados.

Junto do último carro alegórico, a musa e ex-BBB Cacau Colucci sambou fantasiada de mulher gato. Mais de 100 integrantes foram acompanhados de personagens de clássicos do terror: Jason, Freddy Krueger, Chucky. Fechando o desfile, a escola relembrou carnavais dos anos 70 e 80, época da construção do Anhembi. A última ala, dos convidados, veio vestida como Velha Guarda.

G1

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s