Sandra Annenberg e Patrícia Poeta são perfeitas no comando do ‘Jornal Nacional’

Foi um Dia Internacional da Mulher ao mesmo tempo histórico e normal para o “Jornal Nacional”, que, pela primeira vez em 45 anos, foi apresentado por duas mulheres. Apesar da emoção, Sandra Annenberg e Patrícia Poeta comandaram a atração com tanta naturalidade e tranquilidade que nos faz pensar: por que isso não aconteceu antes? Duas mulheres na bancada de um telejornal não é algo tão incomum assim em outros países. Essa quebra de regra numa emissora brasileira teria de acontecer no Dia Internacional da Mulher?

Talvez esse fato não tenha acontecido antes por causa de um padrão da emissora, por receio de não passar credibilidade ao público, por puro esquecimento ou machismo. De qualquer maneira, não importa qual foi o motivo, ela já caiu por terra. Sandra, como sempre, passou segurança e leveza na medida certa. Patrícia,com menos tempo no posto de apresentadora, não mudou seu tom e não comprometeu o desempenho da dupla. No entanto, é preciso dizer: Sandra, aliás, deu mais brilho para sua colega. Foi bonito, simples e perfeito. E se blog dissesse que foi perfeito até quando elas abordaram o esporte poderia soar machista. Então, não vai dizer. Afinal, por que seria diferente? Elas são jornalistas.

Em Off

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s