Em Familia: Shirley sequestra Laerte no dia do casamento

Gabriel Braga Nunes e Vivianne Pasmanter em cena de Em Família prevista para o capítulo de hoje (12)

Por REDAÇÃO, em 12/07/2014 · Atualizado às 09h31 Personagem de Vivianne Pasmanter, Shirley irá armar um plano de sequestro de Laerte (Gabriel Braga Nunes) nas cenas finais da novela das nove da Globo. No capítulo da próxima quinta-feira (17) de Em Família, ela aparecerá combinando um plano de voo com um piloto. Antes, dará pistas de que o casamento de Laerte com Luiza (Bruna Marquezine) não irá acontecer devido a esse plano. Para o piloto, dirá que pretende viajar com “o noivo”.

Ah, sogrinha, tem que ficar aqui pra ver o circo pegar fogo. Laerte não merece sua ausência. Nem eu. Preciso ter alguém em quem me apoiar no terreno inimigo. Se eu for… Se houver casamento…”, dirá a Selma (Ana Beatriz Nogueira), que se prepara para voltar a morar em Goiânia. “Que é isso, mãe? Seria a maior desfeita com meu pai”, reagirá Leto (Ronny Kriwat).

“Seu pai será informado de todos os meus planos. De uma forma ou de outra, todos incluem ele”, responderá Shirley. Leto perceberá que a mãe está tramando alguma coisa: “Mãe, você tá esquisita. Até parece tá fugindo”. “Sossega! Só fugiria muito bem acompanhada”, dirá ela.

Na sequência, ela aparecerá conversando com um piloto, jatinho ao fundo. Eles travarão o seguinte diálogo:

Piloto: “Pode deixar, dona Shirley, eu faço o plano de voo e deixo em aberto o horário de decolagem.”

Shirley: “Não, melhor marcar a decolagem pra bem cedo e, se for o caso, ir atrasando de meia em meia hora. O fundamental é estar tudo pronto pra gente decolar quando chegar a hora.”

Piloto: “Como queira. Quantas pessoas? A senhora é mais?”

Shirley: “Meu noivo, podemos chamar assim. Estou me preparando para um novo casamento. E queremos fugir das comemorações. Viajar antes, entende? Antes que nos descubram! Sabe uma as minhas brincadeiras preferidas quando eu era criança?”

Piloto: “Nem consigo imaginar!”

Shirley: “Traçar planos de fuga! Meu pai ficava bobo com a minha imaginação. ‘Menina, ele me dizia, de onde é que você tirou isso?’ Eu respondia: ‘Da minha cabeça, pai!’ Ele nem acreditava! Uma vez bolei uma fuga de dentro de um navio!

O capítulo termina com Shirley visitando Laerte em seu apartamento. 

Shirley: “Acho que cheguei numa hora imprópria.”

Laerte: “É verdade, desculpe… Estou ensaiando, é uma música difícil, que exige muita atenção.”

Shirley: “Qual é o  problema, meu amor. Entro, tomo banho, me ponho debaixo dos seus lençóis, ligo a TV e te espero.”

Laerte indica que não quer e Shirley percebe. “Quantas vezes fizemos assim?”, indaga a perua. Laerte pensa em falar alguma coisa mais grave, mas recua. “Tudo bem, eu tenho que continuar estudando um pouco mais, depois a gente conversa. Se você não se importa de esperar, claro”, diz. “Senta aí, pega uma revista”, diz Laerte. E acaba o capítulo.

Daniel Castro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s