Império: José Alfredo atropela Cora e nega ajuda: ‘Larga a lacraia no chão’

José Alfredo (Alexandre Nero) atropelará Cora (Drica Moraes) nos próximos capítulos de “Império”. Convencido de que a vilã foi a grande responsável pelo fim de seu romance com Eliane (Vanessa Giácomo/Malu Galli), ele negará ajuda e ainda xingará a rival.

Tudo começará depois de Cristina (Leandra Leal) procurar o empresário para contar que pode ser sua filha. O milionário não vai conseguir tirar a história da cabeça e, no dia seguinte, irá à casa do irmão, Evaldo (Thiago Martins).

– Está do mesmo jeito que eu me lembrava… – observará ele, ao ver a fachada.

Cora, que estará no salão de Xana (Aílton Graça), saberá que um carro chique está parado em sua porta graças a Naná (Viviane Araújo).

– Carrão? Tem alguém dentro? É homem ou mulher? – perguntará a vilã.

– Não deu para ver, os vidros são mais pretos que asa de graúna. Mas coisa fina, carro importado… – responderá a manicure.

A tia de Cristina sairá apressada para ver quem é. José Alfredo perceberá e mandará seu braço-direito, Josué (Roberto Birindelli), dar a partida. Cora se jogará na frente do veículo e acabará atropelada.

– Ai! Assassino! É cego, não vê por onde anda? – reclamará ela.

Xana e Naná logo se aproximarão. Josué e José sairão do carro e verão a vilã fingir que o acidente foi grave.

– Ela fez de propósito, se jogou na frente do carro porque viu que eu ia embora! – reagirá o empresário, que se recusará a levar a vilã ao hospital.

Cora, então, pedirá a Josué para acompanhá-la até sua casa, mas o ricaço orientará o segurança a não atendê-la.

– Está com medo de que ele veja o que tem lá dentro? – provocará ela.

– Lá não tem nada que interesse a ele nem a mim – responderá José.

– Tem, sim. O álbum de recortes de Eliane! É a prova do que Cristina, filha dela, lhe falou ontem.

– Larga a lacraia aí no chão e vamos embora! – encerrará o milionário.

– Tudo isso para não encarar a verdade de frente? – continuará a vilã.

– Quando soube da morte da Eliane, fiquei triste, mas olhando para você vejo que foi uma libertação. A coitada te aturou a vida inteira. Rancor, amargura, frustração e inveja 24 horas por dia. Talvez por isso tenha morrido tão cedo. Cumpriu o fardo desta e de outras vidas por ter você como irmã – atacará ele, que irá embora, deixando Cora chorar de raiva

Fonte: O Globo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s